Youtube Twitter Facebook Instagram

Domingo - 25.06.2017

Noite: Céu com algumas nuvens Manhã: Sol com algumas nuvens


MÍNIMA: 9º - MÁXIMA: 23º

Diário Rio do Peixe

Domingo - 25.06.2017

Noite: Céu com algumas nuvens Manhã: Sol com algumas nuvens


MÍNIMA: 9º - MÁXIMA: 23º

Colunistas

Empreendedores de Caçador classificados no Sinapse da Inovação

PENSATA: José Serra toma banho de vinho de Katia Abreu, agora só falta ele tomar vergonha na cara e retirar aquele projeto ridículo de partilha do pré-sal.

11/12/2015 - 16:33:04
Osni Ribeiro Mello

Quatro ideias de negócio de empreendedores de Caçador foram selecionadas na primeira fase da 5ª edição do Programa Sinapse da Inovação, da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (FAPESC). O resultado da primeira fase, que classificou 300, entre as 1719 ideias cadastradas, foi divulgado nesta quarta-feira (9). Número é 40% superior ao da edição anterior e recorde na história do programa.

As ideias de negócio selecionadas em Caçador foram de: Alexsandre Camello, com equipamento para testes isocinéticos; Douglas Vitto Gomes, com a plataforma para bandas Zazu; Onofre Berton, com máquina de alta eficiência para geração de energia pelo vapor e Osni Ribeiro Mello, com a Steel Casas Modulares.

Das 300 ideias que seguem no processo, 91 são da área de Tecnologia da Informação e Comunicação; 68 de Tecnologia Social; 41 de Gestão; 24 de Eletrônica e 23 de Biotecnologia. Mecatrônica (22), Química e Materiais (16), Design (10), e Nanotecnologia (5) também tiveram ideias selecionadas.

A distribuição geográfica dos proponentes das ideias, 90 são da Grande Florianópolis, 56 da região Norte do estado, 47 do Sul, 45 do Vale do Itajaí, 40 do Oeste e 22 da região Serrana. No total, as ideais são provenientes de 44 municípios catarinenses. As cidades com maior número de ideias selecionadas foram Florianópolis (75 ideias), Joinville (43), Blumenau (26) e Lages (19).

Dos proponentes aprovados para a segunda fase, 30% são pós-graduados, 28% estão cursando o ensino superior, 25% têm curso superior concluído e 12% estão cursando a pós-graduação. Também apresentaram ideias pessoas com formação técnica (2%) e nos níveis médio (2%) e fundamental (1%).

Das 300 ideias, 102 foram submetidas por estudantes, professores e pesquisadores vinculados a 20 instituições de ensino. As instituições com maior número de ideias na segunda fase são a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), com 35 ideias; a Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), com 13; e o Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), com 7.

Os autores das ideias 300 selecionadas deverão agora submeter um projeto de empreendimento até o dia 05/01/2016. Durante essa fase, as equipes terão acesso a capacitações com grandes especialistas acerca de diversos pontos essenciais ao sucesso de uma startup: captação de investimento, desenvolvimento do produto, formação da equipe empreendedora, modelo de negócios, gestão e estratégia empresarial, inovação e tecnologia, dentre outros. As proposições serão novamente avaliadas e aproximadamente 200 passam à terceira e última fase, quando os empreendedores precisam enviar um projeto de fomento.

Até 100 ideias serão contempladas e receberão R$ 60 mil em subvenção da FAPESC e R$ 24 mil em serviços tecnológicos e consultorias especializadas do Sebrae/SC. Nesta edição, pela primeira vez, a FAPESC oferece ainda bolsas aos empreendedores. O resultado final será divulgado no dia 31/03.

Mudanças na carreira do magistério

Relator do Plano de Carreira do Magistério, o deputado Valdir Cobalchini (PMDB) apresentou um substitutivo ao projeto enviado pelo Governo garantindo vantagens os aos professores. O relatório do deputado deve ser votado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), na próxima terça-feira.

Entre as alterações apresentadas pelo deputado, está a realização de concurso público a cada dois anos, antecipação do reajuste de maio de 2016 para março de 2016 e aumento real do salário dos professores com a entrada de novas receitas, como recurso do Pré-sal e aumento do Fundeb.

“São avanços que apresentamos através deste substitutivo, que garantem reajuste salarial cada vez que entrar um recurso novo, a exemplo do que podemos ter como o pré-sal”, justificou o deputado. “Também estabelecemos a realização de concurso a cada dois anos, reduzindo o número de professores contratados em caráter temporário”, finalizou.

O projeto e seu substitutivo global está com vistas coletiva a todos os integrantes da CCJ e deve ser votado na próxima terça-feira. Após, ele deve ser apreciado pelas comissões de finanças e trabalho e serviço público, para depois ir a plenário. A expectativa é que seja votado em plenário ainda na quarta-feira.

D`Agostini no seminário sobre fosfoetanolamina

O vereador Moacir D`Agostini (DEM) participou do “Seminário catarinense sobre fosfoetanolamina, uma esperança para a vida”, promovido pela Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa nesta quinta-feira (10), em parceria com a Escola do Legislativo Deputado Lício Mauro da Silveira. Evento destinado a debater e esclarecer a eficácia da substância no tratamento do câncer, que teve a participação do coordenador da pesquisa sobre a substância na Universidade de São Paulo, Gilberto Orivaldo Chierice, e sua equipe, além de representantes de entidades da área da saúde, médicos oncologistas e pacientes que fazem uso da substância. O vereador afirmou por telefone que o assunto tem a maior relevância pois somente em Santa Catarina foram registradas 7,6 mil mortes em decorrência da doença em 2014. “Este seminário reuniu as pessoas para debater o uso da fosfoetanolamina no tratamento da doença, um tratamento que tem o potencial para mudar a história da cura do câncer no mundo”, avaliou.

Caso Sulca e suas verdades

Não quero ser desmancha prazeres mas creio ser um pouco tarde para o poder público tomar alguma providência com relação a massa falida da Sulca. Explico: quando o processo estava nas mãos da prefeitura e está poderia buscar uma solução, o prefeito Beto Comazzetto (PMDB) preferiu abrir mão, com o aval da maioria dos vereadores. Só agora, depois do fato consumado, se promove um debate com os empresários instalados no local para encontrar uma solução.

Será que no momento que a justiça liberar o imóvel para a liquidação, os ex-funcionários, que esperaram por décadas, não vão querer receber o seu dinheiro com a maior rapidez possível? Será que alguma instituição vai financiar um projeto para comprar o imóvel e manter os empresários na área? Será que algum banco vai emprestar dinheiro para comprar o imóvel, mesmo sabendo de todos os problemas relacionados, como sugeriu um vereador? Como podemos ver os problemas a serem contornados são muitos. E com o controle do processo está nas mãos da justiça.

Dotti em festa

Como a coluna havia adiantado o Bispo Dom Orlando Dotti estará em Caçador neste sábado (12) para o lançamento de livro que conta a história do educandário que leva o seu nome.  A solenidade comemorativa aos 45 anos da instituição – fundada em 31 março de 1970 - será realizada na Câmara de vereadores e também vai homenagear o religioso que hoje exerce as suas atividades em Vacaria (RS). O livro “Um Pacto com a Educação Humanizada” conta a história dos educandários Salgado Filho e Dotti, que por muitos anos funcionaram separadas e depois se uniram para formar a atual escola. O texto é baseado em documentos e fotos, mas traz principalmente relatos de diretores, professores, alunos, funcionários e pessoas da comunidade que acompanharam desde o início dos trabalhos da escola até os dias de hoje.

Osni Ribeiro Mello

Olá, eu sou Osni Ribeiro Mello, jornalista, administrador de empresas e Engenheiro Civil. Depois de ter passado pelos jornais: Gazeta Sul, Folha da Cidade e Informe e por todas as editorias. Atividades que consumiram 15 anos de minha vida e me deram muita experiência, resolvi que muito mais que dar a notícia eu apontaria os erros e as soluções. Pronto, virei colunista e instantaneamente odiado por escrever demais. De qualquer forma o portal www.diarioriodopeixe.com.br e o Jornal Extra resolveram apostar numa coluna de informações políticas e aqui estou tentando consertar o mundo e levando as notícias com uma pitada de humor e senso critico. Também mantenho o osnirmello.blogspot.com.br, blog onde divulgo as ideias que podem mudar o nosso mundo, ou não.

Espalhe essa coluna:

© 2011 - 2017. Todos os direito reservados a Editora Rio do Peixe.