Youtube Twitter Facebook Instagram

Domingo - 25.06.2017

Noite: Céu com algumas nuvens Manhã: Sol com algumas nuvens


MÍNIMA: 9º - MÁXIMA: 23º

Diário Rio do Peixe

Domingo - 25.06.2017

Noite: Céu com algumas nuvens Manhã: Sol com algumas nuvens


MÍNIMA: 9º - MÁXIMA: 23º

Colunistas

Sinapse abre edital para financiar ideias inovadoras

PENSATA Pobre Eduardo Cunha até os suíços, logo eles que são tão imparciais, estão perseguindo vossa excelência

05/10/2015 - 02:31:32 - Atualizada em 05/10/2015 - 11:48:49
Osni Ribeiro Mello

Responsável pela criação de quase 300 startups inovadoras, pela geração de mais de 1,2 mil empregos diretos e de 94 patentes desde sua operação piloto em 2008, o programa de incentivo ao empreendedorismo inovador Sinapse da Inovação chega a sua 5ª edição em Santa Catarina. O lançamento ocorreu em Florianópolis no último dia 26 de agosto, durante o Fomento à Inovação SC, e as inscrições estarão abertas de 21 de setembro a 5 de novembro através do site http://sc.sinapsedainovacao.com.br/.

A FAPESC – Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina, promotora do Sinapse, disponibiliza até R$ 60 mil em recursos para cada uma das 100 empresas selecionadas. O valor representa R$ 10 mil a mais do que o oferecido nas últimas operações, quando cada projeto recebia R$ 50 mil em recursos. Os selecionados ainda recebem apoio de outros parceiros do programa, como o Sebrae, que vai disponibilizar R$ 24 mil em consultoria para cada uma das empresas contempladas. O Sinapse é conduzido pela Fundação CERTI, de Florianópolis.

Pela primeira vez em sua história, o Sinapse vai oferecer bolsas de auxílio aos empreendedores. Cada projeto poderá solicitar uma bolsa por 12 meses. Participantes com nível de graduação receberão valor mensal de R$ 2,5, e com mestrado, de R$ 3,5 mil. O bolsista não pode ser o coordenador do projeto, possuir vínculo empregatício ou acumular outras bolsas durante o período. Com as bolsas, o recurso a ser disponibilizado pela FAPESC gira em torno de R$ 10 milhões.

COMO FUNCIONA - Na primeira fase os interessados apresentam suas ideias de negócio e a equipe de trabalho. O objetivo é verificar se a ideia é inovadora, se traz benefícios para a região e se tem potencial de mercado.

Passam para a segunda fase até 300 propostas, e os selecionados devem, então, elaborar um projeto de empreendimento, detalhando o plano de negócio executivo com o objetivo de demonstrar o potencial da ideia para gerar um bom negócio. Ao longo dessa etapa são oferecidas capacitações à distância para auxiliar o empreendedor.

A terceira fase, para a qual passam até 200 das propostas ainda em jogo, consiste no desenvolvimento de um projeto de fomento, com apresentação detalhada do orçamento e do planejamento de execução do projeto. Os finalistas são contemplados com subvenção em dinheiro e capacitação pré-incubação.

Procon de Caçador tem novo diretor

Saudações ao amigo Carlos Alberto Pegoraro, responsável pelo programa Asfalto para Todos, que assumiu esta semana a direção do Procon de Caçador. Na posse, acompanhada pelo procurador João Paulo Debarba e servidores, Pegoraro afirmou que assume o cargo para dar continuidade ao belo trabalho que vinha sendo realizado pelo saudoso colega Deoclides Sabedot, frente ao Procon de Caçador. “Quero dizer que me sinto lisonjeado em assumir a diretoria pela grandeza que representa a própria instituição, segundo porque vou trabalhar com pessoas de alto nível e de conhecimento já comprovado na área. Vamos procurar atuar sempre com responsabilidade e coordenar as atividades junto ao Procon para poder atender de forma justa e igualitária a todos que desta instituição necessitem”, afirmou.

Palestra do governador é adiada

A visita do governador Raimundo Colombo a Caçador foi adiada novamente. Nesta segunda-feira, 5, Colombo estará em Brasília na posse dos novos ministros. O encerramento do Ciclo de Palestras de Assuntos Estratégicos e a assinatura de contrato entre Governo do Estado e Prefeitura de Caçador serão agendados para outra data, a confirmar.

Vergonha alheia

Todo mudo já sentiu, a dita cuja da vergonha alheia. Aquele momento em que você gostaria de ser a pessoa para não repetir o seu ato e evitar a chacota. Assim está o PMDB de Eduardo Cunha, que não é o PMDB do velho Ulisses Guimarães e de tantos outros personagens até hoje lembrados e respeitados até pelos adversários. Tudo bem que o partido conseguiu o que queria, aumentar o seu poder de fogo dentro do governo, mas a que custo. O custo de aplaudir até o último minuto a queda de um ladrão do dinheiro público.

É bem verdade que não fez sozinho, contou com a prestimosa ajuda da oposição. Uma oposição que a cada dia se aproxima mais do farsesco e de tudo que o brasileiro quer distância. Contam eles, governo e oposição, com a falta de politização das nossas classes pouco privilegiadas e até da classe média, que bate panela para fustigar o presidente da república, mas parece incapaz de compreender o poder destrutivo e as implicações de ter na presidência da Câmara dos Deputados um corrupto com quatro contas a Suíça.

A bem da verdade, no Brasil temos hoje dois tipos de corruptos. Os corruptos do governo, do PT, que meteram a mão na massa com vontade, mas são expostos todos os dias pela grande imprensa. E os corruptos ligados aos partidos da oposição, ou que a oposição tem interesse em preservar. Estes protegidos pela grade imprensa, por motivos que não é necessário apontar. Deus os ajude que um dia tenhamos apenas um tipo de corrupto, o que está preso, e apenas um tipo de justiça. Será este o dia que os homens de bem não sentirão vergonha de serem honestos.    

Adilsão no PDT

O PMDB de caçador perdeu mais um soldado. O ex-vereador Adilson Estanislowski, o Adilsão, é outro soldado do PMD que vai serrar fileiras o PDT. Adilsão, que foi o segundo vereador mais votado as eleições de 2008 com 1.567 votos, ao se reelegeu a última eleição, mas pode agregar alguns votos a legenda do partido.      

China

A China deu um sinal positivo entre as más notícias dos últimos tempos. O índice oficial dos gerentes de compras (PMI) da China subiu para 49,8 em setembro, ante previsão de a 49,7. O PMI calculado pela Markit/Caixin também mostrou melhora, avançando a 47,2, de 47 na leitura preliminar, que era a mais baixa desde 2009.

Viajão

O Ministério Público de Minas Gerais (MP-MG) instaurou um procedimento prévio com o objetivo de apurar se o presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), utilizou aeronaves oficiais para realizar 124 viagens ao Rio de Janeiro no período em que governou o Estado, entre 2003 e 2010. O procedimento aparece como sigiloso na página do MP-MG, mas de acordo com o levantamento, além das viagens ao Rio, Aécio também viajou seis vezes para Florianópolis, onde ele conheceu sua atual esposa, Letícia Weber.

Osni Ribeiro Mello

Olá, eu sou Osni Ribeiro Mello, jornalista, administrador de empresas e Engenheiro Civil. Depois de ter passado pelos jornais: Gazeta Sul, Folha da Cidade e Informe e por todas as editorias. Atividades que consumiram 15 anos de minha vida e me deram muita experiência, resolvi que muito mais que dar a notícia eu apontaria os erros e as soluções. Pronto, virei colunista e instantaneamente odiado por escrever demais. De qualquer forma o portal www.diarioriodopeixe.com.br e o Jornal Extra resolveram apostar numa coluna de informações políticas e aqui estou tentando consertar o mundo e levando as notícias com uma pitada de humor e senso critico. Também mantenho o osnirmello.blogspot.com.br, blog onde divulgo as ideias que podem mudar o nosso mundo, ou não.

Espalhe essa coluna:

© 2011 - 2017. Todos os direito reservados a Editora Rio do Peixe.